Embora sempre tenha atuado sobre o tratamento dos dados colhidos pelo sistema eletrônico de contagem do fluxo de pessoas, sendo a primeira empresa no setor a certificar a veracidade dos números, a Mais Fluxo constantemente buscou seu aperfeiçoamento focado na qualidade da informação e no atendimento efetivo aos seus clientes.

 

Por este motivo, para aumentar sua eficiência, o final de 2017 e o início de 2018 foram marcados pela implementação de dois importantes programas na empresa. O NAI - Núcleo de Análise e Inteligência é uma área que passou a se responsabilizar pela análise qualitativa dos dados da informação fluxo de pessoas colhidos pelo sistema de contagem. Realizado em contato direto com os Shoppings clientes do Sistema Mais Fluxo, nossos profissionais buscam informações de possíveis variáveis que possam ter influenciado os números. 

Segundo Paulo Sérgio Campos, diretor da Mais Fluxo, "não podemos nos esquecer que o shopping, embora seja uma estrutura física, se comporta como um organismo vivo sofrendo todo o tipo de influência do ambiente onde se encontra. Portanto, não devemos observar apenas os dados de fluxo de pessoas apresentados sem analisar essas possíveis variáveis."

Mas para que esses dados sejam realmente fiéis, torna-se imprescindível que todo o Sistema funcione corretamente. Para garantir que isso aconteça, a Mais Fluxo criou o Programa Manutenção "Zero", uma ferramenta importante para proteger ainda mais o sistema de contagem de fluxo de pessoas de agentes externos.

Segundo Paulo Sérgio Campos, “Queremos estabelecer uma postura pró-ativa. Não importa o que está causando o problema ou o que está no meio do caminho, o que nós precisamos garantir é o pleno funcionamento do Sistema Mais Fluxo. Mesmo que a causa do problema não seja de nossa responsabilidade faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para que seja solucionado. O foco é o sistema e principalmente a satisfação dos clientes”

Leia mais sobre o NAI - Núcleo de Análise e Inteligência

Leia mais sobre o Programa Manuteção "Zero"